Paciente é agredida em hospital por segurança - SE


Jornal Infonet - 12/06/12: A Delegacia Plantonista registrou três assaltos a pedestres e uma agressão em um hospital, localizado no bairro Santo Antônio. Uma paciente foi agredida por um segurança ao se revoltar com o médico. A mulher alega que o médico não queria liberar a medicação.

Segundo relatos da vítima, o segurança apertou o seu pescoço tentando sufocá-la. A mulher ainda afirma que o segurança a jogou no chão agredindo também sua filha e sobrinha que caíram no chão. O fato foi registrado em um hospital na avenida João Ribeiro.

Mulher é agredida em hospital (Foto: Portal Infonet)
Pedestre
Uma mulher estava saindo de um supermercado quando foi abordada por dois homens no Centro de Aracaju. O assalto ocorreu por volta das 13h da última segunda-feira, 11. Os suspeitos roubaram um celular, documentos e a quantia de R$ 1.600 em dinheiro.

No bairro Jardins, outro assalto a pedestre. A vítima caminhava pelo bairro quando foi abordada por dois homens em uma motocicleta Modelo Honda CG. Um dos suspeitos ameaçou a vítima com arma de fogo levando pertences e documentos das vítimas.

O terceiro assalto a pedestre ocorreu por volta das 18h no bairro Coroa do Meio. Segundo relatos da vítima, o assalto ocorreu em estabelecimento de cosméticos quando a mesma cobrava produtos para o seu salão. Ao perceber que uma senhora estava sendo assaltada a vítima tentou correr, mas foi alcançada por um suspeito de bicicleta.


Ronaldinho se irrita com Ronald Rios - SP


Jornal Band - 12/06/12: Ronald Rios foi ao Pacaembu fazer uma marcação especial ao Ronaldinho Gaúcho, no jogo contra o Palmeiras, na estreia do craque pelo Galo. E o meia foi na “canela” do repórter do CQC, da Band. Rios chegou junto do ex-R10, agora R49, oferecendo um frasco de urina para o caso do Atlético-MG querer fazer um exame para detectar rastros de álcool. Cercado de seguranças e na correria, Ronaldinho perdeu a paciência com Rios.

“Enfia no c...”, esbravejou o craque, que foi acusado pelo Flamengo de ter bebido antes do treino na época de Gávea.

Mas Rios não deixou o Pacaembu sem arrancar algumas risadas. Com os torcedores, abusou das piadas sobre homossexualidade – tema da edição desta segunda-feira do CQC. Para o presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, perguntou se não era uma ironia Ronaldinho Gaúcho se mudar para Minas Gerais, “a terra da cachaça”. O dirigente se calou e apenas sorriu.

Os palmeirenses Luan, Bruno e Henrique, sem tanto bom humor, também encararam as perguntas de Rios. Já o técnico do Galo, Cuca, entrou na brincadeira. Ao ser questionado como fez para Ronaldinho ficar cinco dias sem se envolver em polêmicas, o treinador respondeu que o craque vai se encaixar no time. “Mas encaixar é uma coisa que ele gosta de fazer”, rebateu Rios, ao o que Cuca completou: “E tem gente que gosta de ser encaixado”. Até Rios ficou sem graça...

Assista:
Da Redação da Band, com CQC


Jovem que ficou pelado na torre de igreja consegue tratamento, em Goiás - GO


Jornal G1 - 12/06/12: O jovem que ficou pelado na torre da Igreja São Cristóvão, no Setor Rodoviário, em Goiânia, conseguiu tratamento para a dependência química em uma clínica da capital. Cláudio Nascimento Alves, de 26 anos, passou quase duas horas no alto da igreja. De acordo com a família, o rapaz é dependente do crack há nove anos e os pais enfrentavam várias dificuldades para conseguir interná-lo.

Segundo Cláudio, ele teria ido para a igreja porque fugia dos seguranças que o teriam flagrado roubando. Testemunhas disseram que o jovem tentou pular por várias vezes de uma altura de 100 metros. Os bombeiros foram para o local, mas o rapaz só desceu quando a mãe chegou e conversou com ele.

Após o episódio, o jovem foi internado em uma clínica no Jardim América e irá iniciar o tratamento. Os médicos ainda não têm uma previsão de quanto tempo o jovem ficará internado, o que vai depender das reações dele ao tratamento.
O pai muito aflito afirmou que há um ano não consegue a internação para o filho. “Nós já internamos diversas vezes e outras não conseguimos. Uma vez, ele passou por uma clínica e o mandaram de volta para aguardar uma vaga. Isso já tem um ano”, conta Cláudio Barbosa.

Combate às drogas
O promotor Marcelo Celestino afirmou que o problema da dependência química atinge boa parcela da população e a procura por internações é muito grande: “É uma situação muito difícil. A política do Ministério da Saúde é de não ter leitos de internação porque há um sufoco financeiro junto aos hospitais e é um leito caro. Então, não há um consenso entre aqueles que entendem da necessidade do leito e os que acreditam que a internação não deve ser feita”.

De acordo com o promotor, o Ministério Público está com ações judiciais para ter aumento no número de leitos. “Nós estamos com uma ação civil pública e vamos discutindo junto aos gestores para que tenha este aumento. Então, é necessária uma política pública para cautelar esses interesses”, defende o promotor.

Assista:
Do G1 GO, com informações da TV Anhanguera


Bandidos explodem caixa eletrônico em Queluz - SP


Jornal Vale News - 12/06/12: Na madrugada dessa terça-feira (12), duas agências bancárias foram alvo de assaltantes, no município de Queluz. Segundo a Polícia Civil, os criminosos usaram barras de ferro e bombas para explodir os caixas eletrônicos dos Bancos Bradesco e Santander.

De acordo com um dos seguranças do Banco Bradesco, Valdecir de Paula Santos, durante a madrugada, por volta das 3h10, ele escutou de sua casa três grandes estrondos. Em seguida, um colega de trabalho ligou para ele e juntos se encaminharam para a agência. “Quando chegamos ao banco, já estava tudo destruído”, afirmou. Conversando com algumas pessoas, Valdecir disse terem afirmado que os assaltantes estavam fortemente armados, alguns até com fuzil.

Foto: Dayse Hálima
A pintora de edificações, Sandra Amaral, acordou com o barulho e saiu na varanda de sua casa para ver o que tinha acontecido. “As janelas da minha casa balançou, ouvi muitas vozes e gente correndo, logo percebi que tinham assaltado o banco”, afirmou.

Ainda com informações da Polícia Civil, os assaltantes utilizavam dois carros roubados, um Fox com placa de Itaquaquecetuba e um Safira com placa de Mogi das Cruzes. Ambos foram abandonados na saída de Queluz, sentido Rio de Janeiro.

Foto: Dayse Hálima
Dentro do Safira foi encontrada uma dinamite. O explosivo foi levado pelo exército, e segundo o Capitão Dennison do 5º BIL de Lorena, o material encontrado é parecido com o que é utilizado em pedreiras.

Até ás 10h da manhã hoje, os bancos ainda não haviam divulgado a quantia roubada e ninguém havia sido preso.

Dayse Hálima


Bandidos roubam caixa eletrônico - MG


Jornal Portal Caparaó - 12/06/12: O roubo a caixas eletrônicos do Banco do Brasil num centro comercial de Ponte Nova, registrado na madrugada de sexta, 08, parece história retirada de filme. Toda a ação foi meticulosamente planejada.

Segundo o porteiro do prédio, cuja garagem serve também para os hospedes de um hotel, no bairro Palmeiras, por volta de meia-noite, um Uno Mille prata parou em frente à garagem. Normalmente, por segurança, o porteiro não tem contato com o motorista.

Os bandidos pensaram num modo de rendê-lo. Um passageiro desembarcou foi até o porteiro e falou que era hospede do hotel.

Gordo, cor morena, cabelo liso curto, trajando camisa azul, bermuda e chinelo, ele usava uma muleta e tinha ataduras na perna. Chegou perguntando pelo porteiro Geraldo, que não estava trabalhando, mas deu a entender que já era conhecido dele. Tudo era parte do disfarce. Em seguida, pediu para entrar pelo acesso principal, já que estava com a perna machucada. Abriu a garagem e os outros dois entraram com o carro.

Os comparsas chegaram na portaria e anunciaram o assalto. Um deles era moreno alto, cabelo crespo e o outro magro de rosto fino, pele negra, trajando uma calça do time do Corinthians. Eles fizeram várias perguntas sobre o funcionamento do sistema de iluminação do edifício e do monitoramento de vídeo, a abertura do portão e o horário de entrada e saída dos funcionários e hóspedes.

Enquanto o primeiro ladrão dispensou a muleta e retirou as ataduras, um segundo veículo chegou. Era um Gol com mais três bandidos.

Porteiro falso
Um dos ladrões era um homem de aproximadamente 55 anos, usando boné. Ele obrigou o porteiro a tirar o uniforme de trabalho e passar para ele. No Gol, estavam equipamentos como maçarico e ferramentas de corte.

Eles desceram para a área dos caixas eletrônicos do Banco do Brasil, quebraram as câmeras e colocaram uma lona preta no vidro, dando a entender que faziam uma manutenção no local.
Durante a ação dos assaltantes, um médico que saia do prédio foi rendido pelos autores e amarrado a uma cadeira na sala de café. Algumas ataduras utilizadas como disfarce foram utilizadas para amarrar as vitimas.

Com o maçarico, composto por um bico de chama, um cilindro de oxigenio e outro de acetileno, além de alavancas de ferro, chaves de fenda, alicate, marretas, talhadeiras e extintores de incêndio, os autores abriram uma fenda em um dos caixas eletrônicos. A quantia em dinheiro levada não foi divulgada pelo banco.

Como fazia muita fumaça, os ladrões fizeram uma fogueira com papelão na rua de acesso ao prédio. Era um modo de encobrir o que realmente acontecia no interior do centro de compras.

Filha do Porteiro
A filha do porteiro e o namorado apareceram durante a ação dos autores. Ela queria usar o banheiro. Os bandidos levaram o pai até a portaria e tentaram fazer com que eles entrassem. A jovem e o rapaz notaram a fumaça e viram que havia algo errado.
Eles saíram à pé em direção a uma grupo de amigos e notaram que mais dois bandidos estavam do lado de fora do centro comercial. Eles davam cobertura para a quadrilha e tentaram persegui-los. Um chegou a dizer para o outro atirar neles.

Quando os autores perceberam que os jovens haviam escapado e provavelmente iriam acionar a policia, apavoraram-se e resolveram deixar o local rapidamente. Eles fugirama nos dois carros e deixaram os equipamentos utilizados no roubo. O maçarico e as outras ferramentas aparentam ser novos. Não tinham sinais de uso.

Cervejinha
Antes de sair, os ladrões deixaram a quantia de 37 reais em cima do balcão da recepção do prédio, dizendo para o porteiro que era pra ele tomar uma cerveja. No total, havia oito bandidos: três ficaram vigiando o porteiro e o médico, três nos caixas eletrônicos e dois do lado de fora.

As imagens de toda a ação foram gravadas pelo circuito interno e foram entregues à polícia. O grupo fugiu em direção a rodovia de acesso a Rio Casca, mas apesar do cerco não foi localizado.

Foto: Unidade Notícias / Ponte Nova
Carlos Henrique Cruz


Bandido é baleado em assalto a posto - CE


Jornal Diário do Nordeste - 12/06/12: Tiroteio, perseguição e um adolescente apreendido. Esse foi o resultado de um assalto a um posto de combustíveis na tarde de ontem, no bairro Cambeba. O outro acusado foi baleado pelo vigilante do estabelecimento comercial, mas conseguiu fugir.

De acordo com os frentistas do posto, situado na Avenida Washington Soares, nº 6.600, os dois assaltantes chegaram ao local com uma garrafa de refrigerante vazia como se fossem clientes. "Ele pediu para encher a garrafa e quando o meu colega se abaixou para abastecer, um deles sacou o revólver e disse que era um assalto", contou uma das vítimas.

Como o funcionário não estava com o dinheiro, os dois acusados foram em direção a um balcão onde ficam as máquinas de cartão, exigindo que eles entregassem a renda. O vigilante do posto percebeu a ação e tentou deter os criminosos.



Tiroteio
Foto: Waleska Santiago
Houve confronto e um dos assaltantes, baleado e fugiu em direção a um supermercado, nas proximidades da Avenida Ministro José Américo. O outro seguiu em direção contrária para a Favela do Carrapicho. O soldado PM Helder Ferreira, do Batalhão de Policiamento Comunitário, lotado em Pacatuba, estava estacionando a moto para abastecer e se deparou com os dois assaltantes em fuga.

O militar, que estava fardado, mas de folga, perseguiu um dos acusados e conseguiu apreender o adolescente de 16 anos na Favela do Carrapicho. "Avistei os dois e iniciei a perseguição. Um conseguiu fugir e o segundo estava entrou na favela e quando ele começou a tira a camisa e o calção para evitar ser reconhecido, fiz a detenção", disse o PM.

Patrulhas do Batalhão de Polícia de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e do Ronda do Quarteirão fizeram buscas ao segundo acusado. Um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) auxiliou nas buscas, mas o assaltante não foi localizado.

Armas
No Bom Jardim, uma patrulha do Ronda do Quarteirão conseguiu apreender duas armas e capturar cinco acusados de roubar um mercadinho.


Pausa para uma cervejinha - RS


Jornal do Comércio - 12/06/12: Em visita a Porto Alegre, o embaixador norte-americano Thomas Shannon arrumou um tempo para degustar cervejas artesanais gaúchas no bar A Toca, na esquina das ruas Lima e Silva e Olavo Bilac.

Os seguranças não queriam autorizar fotos, mas o diplomata deu ordens em contrário. Se ele gostou das cervejas? Pelo sorriso de Shannon, claro que sim.

À noite, o embaixador teve jantar com seleto grupo na residência do empresário Renato Malcon.

Foto: Jonathan Heckler/JC
Fernando Albrecht


Expressão Nacional trata dos crescentes gastos dos cidadãos com segurança - DF


Jornal Câmara dos Deputados - 11/06/12: Com o aumento da criminalidade, muitos brasileiros têm procurado alternativas para ter uma vida tranquila: vigilantes armados, escolta 24 horas, cerca elétrica, carros e até janela de casa blindados. Nesta edição, o Expressão Nacional, da TV Câmara, fala sobre o crescente gasto dos cidadãos com segurança.

Dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) apontam que só no Distrito Federal o gasto com segurança chega a R$ 8,5 milhões, se somarmos o orçamento público destinado a segurança e o que é gasto pelos cidadãos, o que corresponde a 5% do PIB do DF. Países desenvolvidos, como Canadá, Japão e Austrália, consomem com segurança apenas 1% do PIB. Nos Estados Unidos, o percentual é de 2%.

Especialistas criticam o aumento da violência e da inclusão de itens de segurança no orçamento das famílias, além da qualidade dos investimentos por parte do governo, e explicam que em uma situação ideal, sem violência, o dinheiro gasto poderia estar sendo destinado para outras áreas sociais como educação e saúde. Afinal: falta dinheiro ou ele é mal aproveitado?

Assista:
Agência Câmara de Notícias


PM que agrediu vigilantes em posto de saúde é afastado do cargo - GO


Jornal G1 - 11/06/12: O policial militar que agrediu dois vigilantes de um posto de saúde em Valparaíso, no Entorno do Distrito Federal, foi afastado do cargo. A agressão aconteceu na noite de quinta-feira (7) e imagens do circuito interno do local registraram toda a ação do policial.

Segundo a Polícia Militar, o PM está afastado do cargo enquanto durar as investigações. Nesta segunda feira (11), será aberto um procedimento administrativo contra o policial, que pode responder pelas agressões na Justiça comum.

De acordo com a polícia, ele trabalhava como guarda do presídio municipal. O comandante do batalhão Gonçalo de Farias assistiu às imagens da agressão cometida pelo policial.
“O soldado já está desarmado. Eu conversei com ele que, me disse que está arrependido do que fez, sabe que fez besteira. Então, a Polícia Militar vai tomar todas as providências”.

Agressão
Nas imagens feitas pelo circuito de segurança, é possível ver o carro do policial estacionado na área das ambulâncias. Após ser alertado pelos vigilantes, o PM agrediu os servidores. Com uma arma, ele deu coronhadas e ainda a apontou para os funcionários antes de deixar a unidade.

Segundo a direção da unidade, o PM estaria armado e apresentava sinais de embriaguez. “Ele estava aparentemente embriagado e bateu, chutou, xingou e deu coronhadas nos guardas”, conta a diretora administrativa do Cais, Bonivone Gomes.

Assista:
Do G1 GO, com informações da TV Anhanguera


Técnicos iniciaram greve hoje - DF


Jornal Coletivo - 11/06/12: Praticamente todos os serviços da UnB estão parados. Tudo isso por conta da greve dos servidores técnicos da instituição. A greve começou hoje e todos os setores estão paralisados por tempo indeterminado. Médicos, vigilantes, veterinários, bibliotecários e arquivologistas cruzaram os braços e se juntaram ao movimento grevista dos professores e alunos da universidade.

Segundo Antônio Guedes, coordenador do Sindicato dos Trabalhadores da Fundação Universidade de Brasília (Sintfub), os técnicos reivindicam algumas questões que ficaram pendentes desde a última greve, em 2007, como reajuste salarial de 22,08% e reestruturação do plano de carreira. O coordenador do Sintfub informou que, desde a última greve, já ocorreram mais de 50 reuniões com o Ministério do Planejamento, sem qualquer progresso.

Como a greve teve início hoje, Guedes ainda não soube informar quantos servidores aderiram ao movimento. A paralisação atingirá aqueles que recorrem aos serviços da Biblioteca Central, do Restaurante Universitário (RU) e do HUB. Para encaminhar as ações de greve, os trabalhadores se reunirão em assembleia amanhã, às 9h30, na Praça Chico Mendes.

Jurana Lopes


Empresa de transporte é condenada por ameaça a casal - SP


Jornal Bonde - 11/06/12: A 2ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo concedeu indenização a um casal ameaçado por funcionários de uma empresa de transporte de valores ao entrar em agência bancária.

Os autores alegaram que ao entrar em uma agência do Banco Itaú, foram ameaçados por funcionários da empresa Prosegur Brasil S/A Transportes de Valores e Segurança, que bloqueavam a passagem de pedestres na calçada com um carro-forte.

Eles afirmaram que, ao tentar entrar na agência contornando o carro-forte, os seguranças gritaram e apontaram as espingardas em suas direções, deixando-os em estado de choque. Pediram a condenação da empresa e do banco ao pagamento de indenização por danos morais no valor de R$ 57 mil.

A decisão de 1ª instância julgou a ação improcedente ao entender que não se pode imputar à ré Prosegur a prática de qualquer ato ilícito e a ilegitimidade da parte em relação ao Banco Itaú.

Inconformados, apelaram da decisão alegando que os réus não se manifestaram e, com a revelia, os fatos narrados na inicial são presumidamente verdadeiros. Argumentaram que os funcionários da empresa excederam seu direito de guarda e cuidado com os bens de valor transportados, causando-lhes grande constrangimento, vexame e humilhação.

Para o relator do processo, desembargador José Carlos Ferreira Alves, há responsabilidade do banco em relação a contratação de terceiros para a prestação de serviços. "Forçoso admitir que os prepostos da ré agiram com exagero, uma vez que chegaram a apontar armas para os autores. Tal fato, além de constrangimento, certamente causou aos autores pavor e pânico, passíveis de serem indenizados". Ainda de acordo com o magistrado, a indenização deve ser estipulada em R$ 12 mil reais.

O julgamento contou com a participação dos desembargadores José Joaquim dos Santos e Luís Francisco Aguilar Cortez, que acompanharam o voto do relator e, juntos, deram provimento ao recurso.

Com informações do Ministério Público de São Paulo


Banco deve indenizar gerente que transportava valores - AM


Revista Consultor Jurídico - 11/06/12: Os bancos não podem atribuir a seus empregados a tarefa de transporte de valores entre agências bancárias. Com esse entendimento, a 4ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou o Bradesco a indenizar em R$ 150 mil por danos morais um gerente administrativo obrigado a transportar, de barco, malotes de dinheiro entre cidades ribeirinhas da Amazônia. A decisão reestabeleceu sentença da 1ª Vara do Trabalho de Parintins (AM), reformando decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (AM/RR).

Segundo seu relato, o empregado, na época que era gerente geral da agência de Nhamundá (AM), transportava com frequência valores por meio de voadeiras, pequenas embarcações de alumínio com motor de popa, entre aquela cidade e Parintins e Terra Santa, acompanhado de escolta da Polícia Militar. Ingressou com ação trabalhista pedindo dano moral sob o argumento de que essa situação teria lhe causado abalo psicológico.

O juiz de primeiro grau acolheu os argumentos do empregado e condenou o Bradesco ao pagamento de R$ 150 mil pelos danos morais causados. Porém, o Regional reformou a sentença e excluiu a condenação, com o entendimento de que o empregado não havia noticiado nenhum caso de tentativa de assalto, e que o fato de o transporte contar com escolta policial demonstraria o cuidado do banco com sua integridade física. Para o TRT, o simples receio de ser assaltado não poderia justificar a indenização por dano moral, pois a situação a que o gerente era submetido se equipararia a diversas profissões que oferecem risco.

Ao recorrer ao TST, o bancário insistiu que a Constituição da República veda a prática que exponha o trabalhador a riscos, e a Lei 7.102/1983 (Lei dos Vigilantes) exige capacitação específica para o transporte de valores.

O relator do recurso do bancário ao TST, ministro Luiz Philippe Vieira de Mello Filho, observou que o transporte de valores impõe aos bancos determinadas condutas previstas em legislação específica, que, no caso, foram descumpridas pelo Bradesco, incorrendo em ato ilícito. Ao contrário do Regional, o ministro considerou que a presença da escolta policial "revela a exata dimensão da insegurança da atividade de transporte de valores pela via fluvial na região". Para ele, a conduta do banco, que "se valeu de seu poder de mando para desviar o gerente de função, obrigando-o a desempenhar tarefas além das suas responsabilidades e expor sua integridade considerável de risco", demonstrou "desprezo pela dignidade humana".

Vieira de Mello salientou, ainda, em seu voto que o TST tem entendido, de forma reiterada, que a prática comum dos bancos de atribuir a seus empregados a tarefa de transporte de valores entre agencias bancárias gera o dano moral por violação ao artigo 7º, inciso XXII, da Constituição e 3º da Lei 7.102/83. Com informações da Assessoria de Imprensa do TST.

RR-43200-05.2009.5.11.0101


Novo Código Penal: sequestrador arrependido pode não ser punido - BR


Jornal do Brasil - 11/06/12: O criminoso que participar de um sequestro e depois colaborar com as investigações poderá ter o seu processo arquivado pelo Ministério Público. A proposta, aprovada hoje pela comissão de juristas que avalia alterações no Código Penal, vale no caso de informações que levem à prisão da quadrilha e à libertação da vítima.

O relator da comissão, Luiz Carlos dos Santos Gonçalves, destacou que a legislação penal em vigor já reduz a pena no caso da delação premiada. No seu entender, entretanto, isso não é o ideal, uma vez que o sequestrador beneficiado terá que cumprir a pena com aqueles que delatou.

O chamado golpe da saidinha, quando o bandido força a vítima que acabou de deixar uma agência bancária a revelar sua senha mediante o uso da força, também foi tema dos debates do grupo hoje. A partir de agora, o golpe deixa de ser crime de extorsão e passa a ser tipificado como roubo, com pena de três a seis anos de prisão, que pode aumentar a partir dos métodos adotados.

O aumento de pena para quatro a oito anos de prisão, por exemplo, estará previsto nos casos de roubo praticado com o uso de violência ou grave ameaça com emprego de arma. A pena prevista para esses crimes ainda pode ser agravada de um quarto até um terço se o criminoso mantiver a vítima privada de liberdade sob qualquer forma.

Também foi caracterizado como roubo qualificado, com agravamento de pena, a utilização de explosivos ou qualquer outro meio que cause perigo à pessoa. Esse tipo de crime tem acontecido com frequência no País, com o uso de dinamite para explodir caixas eletrônicos.

O mesmo acontecerá no caso de roubo a carro de transporte de valores ou ao profissional responsável por esse transporte, geralmente vigilantes. O crime de chantagem também passa a ser qualificado como roubo, e não mais extorsão, com pena de três a seis anos de prisão.

Os juristas decidiram manter as penas previstas no Código Penal para crimes de extorsão mediante sequestro. Nesses casos, serão aplicadas as regras progressivas previstas, que podem chegar a condenações por 24 a 30 anos de prisão.

O grupo de juristas, nomeado pelo presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), entregará o anteprojeto de lei para a análise do Congresso Nacional no dia 25 de junho.

Agência Brasil


Presidente da Câmara quer data para sanção do Estatuto Municipal de Segurança Bancária - CE


Jornal O Povo Online - 11/06/12: A Câmara Municipal vai promover, às 16 horas de quinta-feira, audiência com o assessor governamental Waldemir Catanho para solicitar da Prefeitura a sanção do projeto que criou o Estatuto Municipal de Segurança Bancária, aprovado na última semana. Segundo o presidente da Casa, Acrísio Sena (PT), a proposta consolida a legislação municipal sobre as regras de segurança nos estabelecimentos bancários e financeiras da Capital que, após a sanção do projeto, terão um prazo de 120 dias para adequação à lei.

A lei terá como foco as instalação das portas eletrônicas com detector de metais e dos biombos nos caixas das agências. O Estatuto de Segurança enquadra, além dos bancos oficiais e privados, sociedades de crédito, associações de poupança, postos de atendimentos, subagências de crédito, cooperativas de crédito, caixas eletrônicos, e similares.

O Estatuto de Segurança estabelece que todas as agências bancárias deverão dispor das portas eletrônicas, vidros resistentes a impactos e a disparos de armas de fogo de grosso calibre, sistema de monitoração e gravação eletrônica em tempo real, divisórias e biombos nos caixas das agências e no autoatendimento. A proposta trata ainda dos vigilantes que atuam nos bancos. Eles deverão usar colete à prova de bala (Nível 3), portar arma de fogo e arma não letal autorizada, além da instalação de assento apropriado para os profissionais e escudo de proteção.

Em relação a área do auto-atendimento, o Estatuto de Segurança também especifica normas de segurança, como a presença de vigilante durante o horário de funcionamento do serviço, seguindo o padrão dos profissionais atuantes no interior da agência. O projeto veda ainda a utilização de capacetes e outros acessórios (óculos escuros, bonés, toucas, dentre outros) que atrapalhem a identificação da pessoa nas agências. A proposta proíbe também o uso de aparelhos celulares no interior dos estabelecimentos, obrigando as agências a instalarem bloqueadores de celular para coibir as "saidinhas bancárias".

Após o período para a adequação nos Bancos, as instituições poderão ser autuadas com multa e interdição do local. A primeira autuação estabelece um prazo de 10 dias para o enquadramento à Lei. Na segunda notificação, o banco pagará uma multa de 100 mil Unidades Fiscais do Município (UFM) e em reincidência, após 30 dias, o valor cobrado é de 200 mil UFM. Caso a agência permaneça sem implementar à lei o local será interditado.

Blog do Eliomar


Técnico do Bota discute com taxista e é contido por seguranças - RJ


Jornal Primeira Edição - 11/06/12: Após duas derrotas consecutivas no Campeonato Brasileiro, o clima no Botafogo não é dos melhores. E tem afetado até mesmo o sempre contido Oswaldo de Oliveira.

O nervosismo demonstrado na entrevista coletiva, após o tropeço diante do Náutico, continuou no desembarque da equipe no início da tarde desta segunda-feira, no Rio de Janeiro. Ao avistar o treinador no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, um taxista gritou que a situação do Alvinegro "está uma vergonha".

Ao perceber o protesto, Oswaldo foi andando em direção ao motorista e perguntou:
- Vergonha o quê?

De bate-pronto, o taxista respondeu:
- O Botafogo. É vergonha mesmo!

Oswaldo mostrou indignação e foi andando em direção ao taxista para mostrar sua irritação com a cobrança. Percebendo que o clima poderia ficar ainda mais tenso, os seguranças do Botafogo que foram recepcionar a delegação seguraram o treinador, minimizando qualquer tipo de problema. O motorista também parou, entrou em seu carro e deixou o aeroporto.

Os jogadores do Botafogo ganharam folga nesta segunda e se reapresentam na terça-feira. O próximo jogo do time é no sábado, contra o Inter, no Beira-Rio.

Globo Esporte


Luana Piovani passeia com o filho em shopping - RJ


Jornal Band - 11/06/12: Luana Piovani foi flagrada na tarde desta segunda-feira, dia 11, com o pequeno Dom, de dois meses, em um shopping do Rio de Janeiro.

Acompanhada da babá, a atriz passeou pelos corredores e cuidou para que os paparazzi não fotografassem o herdeiro, que pela primeira vez pôde ser visto em público.

Em seu Twitter, Piovani chegou a desabafar: "Os fdputa se fuderam que os seguranças ficaram na cola e nada de foto hahaaahaaa fashionmall: melhor shopping da cidade", escreveu.

Será que ela já viu essas imagens?
Piovani tira o bebê do carrinho com a ajuda da babá / Delson Silva/AgNews
Foto: Delson Silva/AgNews
Foto: Delson Silva/AgNews


Acidente entre carro e moto mata porteiro na Pauliceia em Piracicaba - SP


Jornal G1 - 11/06/12: Um porteiro de 29 anos morreu após se envolver em um acidente com sua moto e um carro, na noite de domingo (10), no bairro Pauliceia, em Piracicaba (SP). O jovem foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas já chegou ao pronto-socorro da Vila Cristina sem vida. De acordo com uma testemunha que estava no local onde a batida aconteceu, o motoqueiro não respeitou uma placa de parada obrigatória.

A batida aconteceu na esquina da Rua Fernando Lopes com a Rua Dona Maria. Um motorista que passava pelo endereço viu quando o porteiro não parou e tentou cruzar a via. Ele foi atingido pelo carro de um técnico em informática, de 24 anos, que parou para prestar os socorros necessários. O motorista do carro não ficou ferido no acidente. A Polícia Científica realizou a perícia nos veículos envolvidos no acidente. Um sobrinho da vítima foi ao plantão policial e retirou a moto.

Do G1 Piracicaba e Região


Polícia identifica suspeito de arrastão - SP


Jornal Band - 11/06/12: A polícia já identificou um dos ladrões que participaram do arrastão a um prédio de luxo nos Jardins, zona oeste de São Paulo. No sábado, criminosos armados com fuzis e pistolas entraram pela garagem do edifício localizado na Rua Bela Cintra, dominaram o porteiro e invadiram quatro apartamentos.

Os assaltantes agrediram moradores e funcionários e fugiram levando joias e outros objetos de valor, além do computador com as imagens das câmeras. No entanto, vítimas do assalto conseguiram reconhecer um dos bandidos do grupo.

Segundo o delegado do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado, Mauro Fachini, ele já participou de outros arrastões a condomínios da região. Na sexta-feira à noite, oito bandidos armados fizeram um arrastão na Cantina Giggio, no Brás, região central de São Paulo.

Eles levaram celulares, carteiras, bolsas e outros pertences dos clientes. Imagens das câmeras de segurança do restaurante deverão ajudar a polícia na identificação dos criminosos, que estão foragidos.

Da Rádio Bandeirantes


PM e donos de quiosques debatem segurança na orla do Recife - PE


Jornal G1 - 11/06/12: Donos de quiosques da Avenida Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, se reuniram nesta segunda-feira (11) com a Polícia Militar para pedir mais segurança na orla. A promessa da corporação foi de reforçar o policiamento na via, principalmente depois das 22h.

Para o tenente-coronel Ricardo Fentes, gerente geral do Centro Integrado de Operações da Defesa Social (Ciods), todos devem ajudar, inclusive os porteiros dos prédios da avenida. “A gente tem 170 condomínios, que estão cadastrados no projeto De olho na Rua, que fazem parte da Avenida Boa Viagem. Quando os quiosques estiverem fechados de madrugada, onde as câmeras não alcançarem, esses porteiros, de forma velada e segura para eles, podem nos alertar dessas ocorrências, para que a gente possa aumentar a nossa área de atuação”, explica.

A presidente da Associação de Barraqueiros de Coco do Recife, Flávia Souza de Lima, a aproximação da PM será positiva. “Acredito que, com essa iniciativa da PM ter nos procurado, vamos encontrar uma solução nessa parceria com eles”.

Assista:
Do G1 PE


Sistema de Emprego oferece vagas para deficientes físicos - PE


Jornal NE10 - 11/06/12: O Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda anuncia nesta segunda-feira (11), as vagas disponíveis em Pernambuco. Todas exigem ensino médio completo, com ou sem experiência para o cargo. Cozinheiro, conferente de carga e descarga, costureira e porteiro são algumas das 82 opções em aberto.

Para os portadores de necessidades especiais estão sendo oferecidas 10 vagas - assistente administrativo, auxiliar de linha de produção e auxiliar de limpeza - com salários de até R$ 989.

Os interessados devem procurar a sede do projeto, na Avenida Rio Branco, 155, Bairro do Recife, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 17h, ou no Centro Público de Casa Amarela, na Avenida Norte, nº 5600, Casa Amarela. Também pode consultar o site da Prefeitura.


Programa da Bradesco Seguros capacita 420 porteiros no Rio e em São Paulo - RJ/SP


Jornal SEGS - 11/06/12: Mais de 420 porteiros residentes no Rio de Janeiro ou em São Paulo já foram capacitados pelo programa Porteiro Amigo do Idoso, lançado em 2010 e promovido pelo grupo Bradesco Seguros em parceria com Senac Rio de Janeiro e São Paulo.

Desenvolvido sob a orientação do professor Alexandre Kalache, um dos maiores especialistas em envelhecimento no Brasil e ex-diretor do Departamento de Envelhecimento e Saúde da Organização Mundial da Saúde (OMS), nas aulas os porteiros participam de dinâmicas para entenderem melhor o processo de envelhecimento, chegam a usar óculos e colocam pesos nos pés para sentir as dificuldades que os mais velhos têm em seu dia a dia.[3]

O IBGE estima que, em 2050, haverá no País cerca de 64 milhões de habitantes com mais de 60 anos.


PM de Sorocaba, SP, faz palestra sobre segurança em condomínios - SP


Jornal G1 - 11/06/12: O sétimo batalhão da Polícia Militar de Sorocaba (SP) realiza na próxima sexta-feira (15) uma palestra sobre segurança em condomínios residenciais. O evento é direcionado para porteiros, zeladores, moradores e vigilantes que buscam informações sobre o tema.

De acordo com o capitão Vanclei Franci, o objetivo é prevenir os condomínios dos assaltos, que estão cada vez mais frequentes. “Queremos elevar a prevenção contra possíveis ações criminosas”, comenta o capitão.

Para realizar a inscrição, basta ligar para o Setor de Relações Públicas do 7º batalhão, pelos telefones (15) 3229-3990 ou (15) 3229-3992. As vagas são limitadas.

O evento ocorre às 19h30, no auditório do Comando de Policiamento do Interior Sete (CPI-7), que fica na Rua General Mena Barreto, 190, Jardim São Caetano.


Condomínios residenciais são cada vez mais alvo de assaltantes.
Foto: Reprodução TV Anhanguera
Do G1 Sorocaba e Jundiaí


Câmeras de prédio onde foi deixada mala com R$ 20 mil não funcionam - SP


Jornal G1 - 11/06/12: Em visita à Secretaria de Estado da Fazenda em Sorocaba(SP), nesta segunda-feira (11), a Polícia Civil da cidade constatou que as câmeras de monitoramento do prédio estão inativas. O sistema seria o principal recurso a ser utilizado durante as investigações sobre o caso da maleta contendo R$ 20 mil, encontrada no local na última terça-feira (5).

Agora, a polícia vai ouvir os dois porteiros e o vigilante que trabalhavam na manhã do dia da ocorrência. O delegado responsável pelo caso, Marcelo Carriel, esteve no prédio para verificar o sistema de segurança e tentar identificar o dono do dinheiro.

Sem as imagens das câmeras, o registro de visitantes poderá ter um papel importante na solução do caso - o livro de controle da portaria tem uma lista com cerca de 20 pessoas que passaram pelo prédio na manhã em que o dinheiro foi encontrado. Todas elas deixaram nome e RG e devem ser intimadas a depor nos próximos dias.

Entenda o caso
Na última quarta-feira (6), a polícia de Sorocaba recebeu uma pasta contendo mais de R$ 20 mil. A maleta foi encontrada pela funcionária pública Luciana Lisboa na escadaria do prédio da Secretaria de Estado da Fazenda, que fica na Praça Coronel Fernando Prestes, no centro da cidade.

Por telefone, Luciana contou ao G1 que descia para almoçar na terça-feira (5) quando viu a pasta na escada. Ela abriu para tentar encontrar algum documento que identificasse o dono e viu que havia um envelope cheio de maços de dinheiro. Imediatamente, a funcionária subiu até a diretoria do prédio e entregou o material, que ficou guardado até o dia seguinte. Como ninguém apareceu para buscá-lo, diretora e funcionária decidiram levá-lo à delegacia.

O caso foi registrado como apreensão de objeto, mas, segundo a delegada Darly Kluppel, que atendeu a ocorrência, não será tratado como crime. "Não há vítima e a pessoa que entregou a pasta não se apoderou do dinheiro", explica. O caso foi encaminhado para o 5° DP, que ficou responsável pela investigação a respeito da origem da mala.

Assista:
Tássia Lima Do G1 Sorocaba e Jundiaí


Quatro homens explodem caixa eletrônico em Jacareí - SP


Jornal VNews - 11/06/12: Quatro homens explodiram um caixa eletrônico, na madrugada desta segunda-feira (11), em Jacareí. O equipamento ficava dentro de uma indústria química no bairro Rio Abaixo. O valor levado pelos ladrões ainda não foi divulgado.

De acordo com a Polícia Militar os bandidos renderam os dois vigias do local e os amarraram, enquanto os outros bandidos abriam o equipamento com um pé de cabra. Depois ele utilizaram dinamite para explodir o cofre do caixa e fugiram.

Até agora ninguém foi preso.


Com seguranças, Rosie Huntington-Whiteley chega ao Brasil - SP


Jornal Cenário MT - 10/06/12: Estrela de "Transformers: O Lado Oculto da Lua" desembarcou em São Paulo na manhã deste domingo (10)
Ninguém a esperava no aeroporto, mas a modelo e atriz britânica Rosie Huntington-Whiteley desembarcou na manhã deste domingo (10) no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, protegida por dois seguranças que não saíram do seu lado.

A estrela de "Transformers: O Lado Oculto da Lua", terceiro filme da franquia - no qual substituiu Megan Fox no papel feminino principal -, foi flagrada no saguão do aeroporto, de óculos escuros, fugindo dos flashes dos fotógrafos.

Rosie, que é namorada do ator Jason Statham?, está no Brasil para participar da edição de verão do São Paulo Fashion Week. Esta é a quarta vez que ela vem ao país. A última passagem aconteceu em janeiro de 2012, para participação na edição de inverno do SPFW.


Revoltado com atendimento, homem danifica Pronto-Socorro - SP


Jornal JCNet - 10/06/12: Um motorista de 28 anos se revoltou, na tarde deste sábado, com a falta de atendimento na unidade infantil do Pronto-Socorro Central de Bauru e danificou vários objetos do local.

De acordo com o boletim de ocorrência, os vigilantes do Pronto-Socorro fizeram contato com a Polícia Militar e informaram que o acusado aguardava atendimento de seu filho na unidade infantil desde às 14h. Por volta das 18h, D.W.P entrou em uma sala reservada e passou a exigir que a criança fosse atendida.

Ainda segundo o registro, D. invadiu a sala de inalação e danificou vários aparelhos. O motorista teria entrado também no consultório da médica plantonista e, após ser repreendido pelos funcionários, o motorista se negou a sair. Outros pacientes descontentes com a demora iniciaram um tumulto que só foi resolvido com a chegada da polícia.

Ao todo, foram quebrados dois vidros da porta de entrada e diversos aparelhos foram danificados.


Quadrilha leva cofre com R$ 40 mil e mata vigia de posto em Corrente - PI


Jornal Cidade Verde - 10/06/12: Seis assaltantes assaltaram um posto de combustíveis no município de Corrente, 874 quilômetros ao Sul de Teresina, na madrugada deste domingo (10). Na ação, o vigia do estabelecimento foi atingido com um tiro no rosto e morreu a caminho do hospital. A quadrilha levou embora um cofre com cerca de R$ 40 mil.

O crime aconteceu no posto Primavera por volta de 3h30 da manhã. Dois frentistas e um vigia estavam no local quando seis homens encapuzados chegaram em um Celta prata. Eles renderam os funcionários, espancaram e deram coronhadas nos frentistas, enquanto o vigilante doi atingido com um tiro próximo ao olho.

Nelson Marcelino de Moura Fé, que faria 42 anos no dia 26 de junho, foi socorrido e levado em uma ambulância para Barreiras, na Bahia, mas faleceu antes de chegar, no município baiano de Formosa do Rio Preto, divisa da Bahia com o Piauí. Seu corpo ainda era aguardado em Corrente por volta de 9h da manhã, para ser levado até Colônia do Piauí, local do velório e sepultamento.

Ao Cidadeverde.com, a auxiliar administrativa do posto, Andrea Barbosa, informou que o cofre continha entre R$ 30 mil e R$ 40 mil em dinheiro. Os frentistas foram forçados pela quadrilha a levá-lo para o carro. Os bandidos ainda arrombaram portas e quebraram vidros do escritório.

A polícia já foi acionada e investiga o caso.

Fábio Lima


Colecionador de discos recusa MP3 e sonha cantar com Roberto Carlos - SP


Jornal G1 - 10/06/12: Donizeti Antônio Santos, de 50 anos, é porteiro de um condomínio e vende lanches pelo Centro de Araraquara (SP) durante o dia. Mas é no pouco tempo de folga que lhe resta que ele aproveita para voltar ao passado e às memórias de sua infância e adolescência, em um quarto que montou nos fundos do sobrado onde vive com a família.

No cômodo improvisado, ele mantém uma coleção com mais de 700 discos, 250 fitas cassete e várias vitrolas e toca-fitas. Seu amor por esses objetos é compartilhado entre os amigos, os filhos e a esposa, durante as festas que realizam, e é cultivado em sebos da cidade ou por presentes que ganha. “Alguém sempre me dá alguma novidade”, comenta, com ironia, mostrando uma de suas últimas aquisições, um antigo rádio dos anos 1990, com toca-fitas e televisão embutida.

Foto: Felipe Turioni/G1
A paixão pelos discos começou com as músicas de Roberto Carlos, com o que teve o primeiro contato aos dez anos, ainda quando morava em São Paulo. “Ele sempre fez e faz parte da minha vida e da vida da minha família, sempre acompanhando em tudo”, diz.

Santos tem mais de 50 álbuns do Rei e cerca de 40 músicas desses discos, que considera como suas favoritas, foram transcritas à mão. “Gosto de ouvir e pegar a letra para poder cantar depois”, explica.

O fã chegou a gravar a canção “Como é Grande o Meu Amor por Você” e a tocou no casamento de uma das filhas. “Encontrei uma versão da música ao piano e com a plateia ao fundo e coloquei minha voz”. Ele garante que a gravação fez sucesso e emocionou o “público” que ouviu – os cerca de 100 convidados dos noivos.

Foto: Felipe Turioni/G1
As músicas de Roberto Carlos gravadas por Santos já chegaram perto dos ouvidos do Rei, o que fez a produção de um de seus shows realizados em Araraquara a tirar o fã e sua família da arquibancada e colocá-los em uma área reservada para acompanhar a apresentação mais de perto.

“Levei uma fita com as músicas que eu gravei e a produção adorou, pena que não consegui conversar com ele porque estava atrasado”, relembra, comentando um de seus sonhos. “Eu fui de branco naquele show porque queria que ele me levasse até o palco para podermos cantar juntos. Mas quem sabe um dia isso não acontece”.

DJ
Enquanto não realiza esse desejo, Santos se contenta em animar as festas de amigos e familiares. “Ele é o nosso DJ e não participa da festa, fica só no comando do som”, diz a esposa, a contadora Marie Dreyer, de 61 anos. “Ele faz uns flashbacks e quando vê todo mundo já se soltou”, completa. Entre as músicas mais pedidas, estão as canções do grupo Menudo.

A 'discotecagem' em festas é um hábito antigo. “Sempre fiz festa na casa dos meus pais, improvisava até globo de luz e colocava lâmpadas coloridas e que piscavam. Em uma dessas festas cheguei a colocar 25 amigos em um quarto pequeno e todo mundo conseguiu se divertir”, conta Santos.

Nas baladas de hoje, Donizeti Santos nunca pôs o pé. “Não fui, não tenho vontade e nem sei o que os DJs fazem”, afirma. “Prefiro não me modernizar e gosto de músicas que me transportem ao passado, ao meu pai e à minha mãe”, diz.

O pai do colecionador de discos morreu quando ele tinha 28 anos, pouco tempo depois de ter feito um de seus últimos pedidos em vida. “Disse que eu deveria fazer um teste para ser radialista, mas nunca tive coragem”, conta. Apesar da voz grave e da entonação forte, Santos diz que não se sente seguro para ter um programa de rádio, apesar de sua paixão pela música. “Não sei inglês, imagina como eu iria ler a chamada de alguma canção internacional?”, argumenta.

Elvis e 'Tieta'
Poucos dias depois da morte do pai, quando ainda morava em São Paulo, sua cidade natal, e onde trabalhava em uma farmácia, Santos conheceu a mulher que divide com ele o amor pelos objetos antigos que acumula.

“Precisava comprar um remédio para a minha filha e meu patrão armou uma situação para que eu chegasse lá e transmitisse os sentimentos pela morte do pai dele e que ele fosse prestativo comigo”, relembra a esposa. Marie acabara de adotar uma criança e tinha 38 anos, já decidida que não se casaria mais. Seis meses depois do encontro armado, porém, se casaram ao som de Elvis Presley e hoje têm uma família com quatro filhos, dois netos e “um bocado de agregados”, como ela mesmo diz.

A mudança do casal para Araraquara foi um pedido dos pais dela, que buscavam mais tranquilidade no interior. A trilha sonora da novela “Tieta” foi o tema da nova vida no interior. “Eram as músicas do momento e compramos o vinil que adorávamos ouvir”, relembra Santos.

Equipamentos
Foto: Felipe Turioni/G1
Nos aparelhos que ganha de amigos ou troca em lojas de conserto e de som, Santos improvisa caixas de som para aumentar a qualidade de cada faixa das músicas do vinil, o que causa preocupação na casa. “Adoro música e os meus aparelhos antigos, mas sou uma negação na parte elétrica e faço emendas sem cuidados”, comenta.

“Quando a casa fica sozinha, deixo um rolo de fita isolante em cima da mesa porque sei que ele vai se esquecer e pode tomar choque”, diz a esposa.

Ao todo, Santos possui oito toca-discos, sete toca-fitas, além de televisores antigos, filmadora, videocassete, máquinas fotográficas e rádios de pilha. “Ninguém dá valor nessas coisas, por isso acaba sendo tão curioso”, diz. O fone de ouvido que ele utiliza foi encontrado jogado no lixo. “Descartaram porque estava sem a espuma, mas é perfeito”, comenta.

Avesso ao mundo digital, não procura as letras de canções na internet e nem baixa músicas em MP3. “Já tentei ouvir, mas não é a mesma coisa, a batida do vinil é diferente, o som é mais autêntico”, compara. “A primeira vez que peguei o MP3 do meu filho quase quebrei porque não conseguia mexer”.

O colecionador concorda, entretanto, com a democratização da cultura que a internet pode proporcionar. “É ótimo saber que todo mundo pode ter acesso às músicas pela internet, mas no vinil é diferente”.

Ao explicar a admiração que tem pelos long-plays ou aos compactos que coleciona, Santos sintetiza tudo em uma palavra: amor. “Não existe nada além disso. Se uma pessoa dá valor a isso, dá valor a qualquer coisa e é disso que as pessoas precisam”, diz.

Paixão pelo vinil é dividida entre amigos e a família.
Foto: Felipe Turioni/G1
Felipe Turioni Do G1 Araraquara e Região


Jovem denuncia homofobia em boate GLS e critica seguranças - MG


Jornal JM Online - 10/06/12: Homossexual diz ter sido agredido em boate GLS, em Uberaba. O fato aconteceu no feriado, de acordo com estudante, que preferiu não se identificar, com medo de represálias. De acordo com ele, a agressão foi sem motivo, apenas por preconceito, e se iniciou dentro do estabelecimento. O estudante questiona a atitude dos seguranças, que não souberam lidar com a situação.

Assim que a discussão começou na boate, os seguranças expulsaram os envolvidos, mas o desentendimento continuou do lado de fora, até que o estudante caiu e bateu a cabeça em uma pedra, sendo levado às pressas a um hospital. “Não recebi nenhum apoio dos donos da boate. Mesmo sangrando, fui caminhando até o hospital mais próximo. Os organizadores do evento não se preocuparam em me socorrer. Nem mesmo os seguranças agiram de forma correta”, declara.

Segundo o estudante, os casos de homofobia, infelizmente, ainda acontecem com frequência, até mesmo em boates destinadas aos homossexuais. Por isso, os seguranças desses locais devem estar preparados. “São situações diferenciadas, não é como no caso de duas pessoas estão se batendo. Fui agredido e é claro que a situação continuaria quando nos colocaram para fora. Eles apenas se livraram do problema. A equipe de seguranças deveria passar por um treinamento antes de atuar na profissão. Assim, a situação poderia ter se resolvido de outra forma. Eu me machuquei e tive de dar sete pontos na cabeça, mas o resultado poderia ter sido mais trágico”, afirma o estudante. Ele lembra que a intenção do seu desabafo é evitar que fatos como este aconteçam com outras pessoas.

Presidente do Sindicato dos Vigilantes de Uberaba, Ricardo Teixeira revela que, provavelmente, são profissionais clandestinos, que não foram treinados para atuar na profissão, pois, durante o curso de Vigilância, a pessoa recebe instruções de como lidar com essas situações. “Com certeza, esta festa conta com vigilantes clandestinos. Segundo orientações da Polícia Federal, em todos os eventos é preciso ter seguranças cursados e treinados tecnicamente para atuar de forma preventiva. Em muitas situações é possível prevenir que uma briga tenha péssimos resultados. Mas muitas empresas de festas acreditam que segurança é bobagem e empregam qualquer pessoa sem o devido treinamento. Mas, quando acontecem casos como este, não sabem como atuar”, explica Ricardo

A equipe de reportagem do Jornal da Manhã tentou entrar em contato com o representante da boate, mas até o fechamento desta edição não foi possível encontrá-lo.

Geórgia Santos


Polícia prende dois suspeitos de cometer latrocínio em restaurante da Asa Sul - DF


Jornal R7 - 09/06/12: A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu dois homens suspeitos de cometer latrocínio (roubo seguido de morte) em um restaurante na 107/108 sul, na madrugada desta sexta-feira (8). O segurança Antônio da Silva Ferreira, de 54 anos, levou quatro facadas na barriga e no tórax e morreu a caminho do Hospital de Base.

Um outro funcionário, Jacinto Souza Costa, de 38 anos, teve a faca cravada no olho e passou por uma cirurgia na manhã desta sexta-feira para retirar o objeto. Ele perdeu a visão de um dos olhos e permanece internado, sem previsão de alta.

Segundo a polícia, Harley Rodrigo de Carvalho, 24 anos, e Felipe Silva de França, 22 anos, foram pegos na madrugada deste sábado (9) no Jardim Ingá, distrito de Luziânia (GO), região do Entorno do DF.

Desavença
Harley Rodrigo de Carvalho trabalhou no restaurante entre março e maio deste ano, sendo demitido por não ter se adequado a função que teria que exercer. Ele foi contratado como auxiliar de cozinha e teria tido um desentendimento com o funcionário Jacinto Costa, que teve a faca cravada no rosto. Em depoimento, Harley disse que esse desentendimento teria sido o motivo do crime.

O ex-funcionário teria chamado o amigo Felipe para cometer um assalto, mas não teria passado mais detalhes sobre o que planejava fazer. Eles chegaram ao local por volta das 20h30 e aguardaram o movimento diminuir. A ação aconteceu por volta da meia noite, quando Harley entrou no restaurante e foi na direção de Jacinto Costa. Neste momento, o segurança entrou na frente para evitar o ataque e acabou sendo atingido pelos golpes de faca.

Durante a confusão, Felipe teria conseguido fugir. Harley, depois de cometer o crime, desceu em direção à quadra 407 da Asa Sul, onde jogou a faca e a touca que usava para esconder o rosto. Ele ainda teria dormido em uma parada de ônibus na região, antes de ir para casa na manhã desta sexta-feira (8).

O caso foi registrado na 1ª DP (Asa Sul), que conduz as investigações.

Parte-1:
Parte-2:
Gustavo Frasão, do R7


Vigilante é morto a pauladas na zona norte de Manaus - AM


Jornal D24am - 09/06/12: O vigilante de um parque de diversões, Daniel Pereira da Silva, 34, foi morto a golpes de perna-manca, na madrugada deste sábado (8), na comunidade Ismail Aziz, quilômetro 2 da BR-174.

O corpo da vítima foi encontrado sem roupas pelos vizinhos, levantando a suspeita de que ele tenha sido violentado sexualmente. Apenas a autópsia dos peritos do Instituto Médico Legal (IML) vai poder confirmar o abuso.

Suspeito do crime, o motorista Daniel Moreira de Sousa, 56, trabalhava no mesmo parque há um mês e foi preso em flagrante.


Vigilantes são contra contratação de policiais para Barcas e ameaçam ir ao STF - RJ


Jornal do Brasil - 09/06/12: Audiência pública realizada em 31 de maio na Assembleia Legislativa do Rio, na Comissão de Segurança Pública, discutiu a Lei 6.162/2012 e o decreto 43.538, de 03 de abril de 2012, do governador Sérgio Cabral, que autoriza policiais militares, civis, bombeiros e agentes penitenciários a fazer “bico” nas horas de folga. A reunião foi presidida pelo deputado Zaqueu Teixeira (PT-RJ).

O Sindicato dos Vigilantes de Niterói e regiões se posicionou contrário ao decreto do governador justificando o risco de perda de emprego de mais de 11 mil vigilantes no Estado. O presidente do SVNIT, Cláudio José, lembrou que o agente público não pode fazer segurança privada.

“O Estado não tem esse direito, é inconstitucional já entramos com uma solicitação de audiência no Ministério Publico do Trabalho de Niterói denunciando a Lei e o decreto do Governador e vamos também levar isso através da Confederação Nacional dos Vigilantes ao Supremo Tribunal Federal” declarou o presidente do SVNIT.

Diretores da entidade estão preocupados com os desdobramentos dessas leis. Jornais de Niterói publicaram que a Barcas S/A, concessionária de serviço público, deve contratar 120 policiais para fazer a segurança do local. O SVNIT repudia a atitude reforçando que quem deveria fazer a segurança são os vigilantes.

“Serão 120 homens a menos empregados. Menos 120 famílias se alimentando por um luxo e tentativa paliativa de resolver o problema salarial da polícia por parte do Estado. Sempre defendemos os policiais e os apoiamos em suas lutas, por isso não somos contra melhores rendimentos, mas os vigilantes não podem perder nessa história”, desabafa Cláudio José.

“Os policiais merecem um salário digno e justo e também o descanso para se recuperar do dia a dia do seu plantão. Não é justo que para ter um salário melhor os policias tenham que trabalhar nos dias de folga”, completou.

Durante o debate na audiência pública os vigilantes afirmaram que querem a supressão do parágrafo único do artigo 6º, da Lei 6.162, que estabelece o regime adicional de serviços (RAS); que o decreto que estabeleceu o “bico” do policial defina claramente o que é que atividade pública e o que é atividade privada na segurança; e, por último, que se faça uma demonstração clara de que os convênios estabelecidos nesse decreto não acabarão com postos da segurança privada.


Mais Recentes Mais Antigas Home
 

Vigilante Tem Notícias Copyright © 2010 LKart Theme is Designed by Lasantha create a site

Este site não produz qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como um veículo que "ecoa" notícias já existentes na internet.